Policiais Militares denunciam falta de viaturas em Patos



Com um número reduzido de guarnições e grande parte da frota de viaturas sucateada, os policiais que atuam na cidade de Patos, no sertão paraibano, arriscam as vidas para tentar garantir a segurança na região.

 

As viaturas modelo Santana doadas em meados de 2002, já não atendem mais as necessidades da polícia a maioria delas apresentam ferrugem, pára-brisas trincados, pára-choques remendados, bancos rasgados, além de pneus carecas e com problemas mecânicos, pelos menos esses são alguns dos problemas detectados nas viaturas que com muito esforço da PM saem às ruas para guardar a população.

 

Segundo denúncias de alguns PMs, todos os dias, às 6h00, quando os policiais de plantão chegam para entregar as viaturas aos novos plantonistas, a oficina do 3º Batalhão da Polícia Militar em Patos se transforma em uma verdadeira UTI de automóveis. É que, antes de sair, todas as viaturas passam por algum tipo de conserto.

 

Um cabo da PM que não quis se identificar por medo de represália afirmou que nenhuma delas atende às normas de trânsito.

Os carros, por serem velhos demais, já não alcançam determinadas velocidades, outro dia foi preciso três guarnições da PM para interceptar um fusca porque a viatura que fazia a perseguição não chegava sequer à velocidade de 40 quilômetros.

 

Atualmente em Patos nove viaturas circulam na cidade, sendo quatro guarnições da rádio patrulha, duas do Pelotão de Choque, uma no trânsito e uma oficial, além do trio de motos.

 

No início do mês de maio cerca de 50 homens da Polícia Militar ocuparam a Praça Getúlio Vargas no centro da cidade reivindicando melhorias nas condições de trabalho, isso porque no dia anterior o estopim teria ocorrido um  incêndio na parte mecânica de uma das viaturas que fazia a ronda colocando em risco a vida de dois policiais que se não tivessem saído a tempo poderia ter acontecido o pior.

 

Contudo o Comandante do 3º BPM de Patos, Tenente Coronel Dutra afirmou que na próxima quarta-feira o Batalhão comemora aniversário e a data será marcada com a entrega de 10 viaturas semi-novas para amenizar a situação caótica da polícia no sertão.

 

Cidade em debate e Correio da Paraíba