Polícia prende militar por tentar fraudar concurso da Cagepa



A Polícia Civil de Patos prendeu o policial do Corpo de Bombeiros do Estado de Alagoas, Adriano Moreno da Silva, de 31 anos, acusado de tentar fraudar o concurso publico da Cagepa, realizado nas principais cidades do Estado.

 

Adriano é natural de Sertânia, em Pernambuco, e teria combinado com alguns amigos daquela cidade que deixaria o gabarito das provas no banheiro da Escola Estadual Monsenhor Vieira, onde realizavam as provas.

 

O policial já vinha sendo investigado pela Polícia e assim que concluiu a prova e foi até o banheiro para deixar o gabarito foi preso. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Patos.

 

Na Delegacia, o acusado disse que não receberia dinheiro pelo gabarito e que só queria ajudar os amigos que estavam desempregados. Mais quatro pessoas foram levadas para prestar depoimento e depois foram liberadas porque não tiveram acesso ao gabarito.

 

Adriano foi encaminhado ao Presídio Regional e vai responder por crime de estelionato.

 

Jornal Itatiunga