Polícia prende comerciante de Patos acusado de assalto



Uma mega-operação envolvendo vários policiais civis e alguns do serviço de inteligência da polícia militar de Patos, prendeu o comerciante Izaltan Fernandes de Oliveira (39) vulgarmente conhecido por “Bob”.

A polícia já vinha investigando a ação do criminoso que é proprietário de uma Chácara onde foi localizado produtos de uma carga roubada no Ceará. Eles descobriram que “Bob” é chefe de uma quadrilha formada por ele e mais 03 (três) comparsas que conseguiram fugir.

Um caminhão baú, Volkswagen, de cor branca, placas HYR 6334-CE da empresa TECNOLIBE NORDESTE LTDA carregado de calçados, foi assaltado na última quinta-feira (13), entre as Cidades de Missão Velha e Café da Linha no Ceará e graças à ajuda de um Rastreador por Satélite foi descoberto aqui na Cidade de Patos. O proprietário da mercadoria quando percebeu o desviou de rota do veículo que vinha de Juazeiro do Norte, desconfiou e avisou a polícia patoense que passou a investigar toda a ação da quadrilha.

04 (quatro) elementos armados de pistolas e espingardas calibre 12 (doze) interceptaram o Caminhão no Ceará e renderam o motorista. 02 (dois) deles ficaram com o motorista enquanto que os demais sumiram com o veículo.

Ninguém desconfiou da rota do veículo até Patos já que ele iria para Campina Grande e obrigatoriamente teria que passar por aqui, porém quando ela foi alterada o satélite o fotografou em um sítio com as mesmas características da chácara do acusado.

A polícia montou campana no local e desconfiou que o Caminhão houvesse passado pela entrada da chácara já que por lá havia vestígios de tinta do veículo que forçadamente entrou por uma porteira inclusive arrancando o mourão da cancela.

De repente apareceu a mulher do acusado em uma moto Biz de placa MNI – 5732 Patos, de cor vermelha e de imediato foi abordada pelos policiais que perguntaram se ela sabia sobre uma possível passagem de um Caminhão Baú pelo sítio do casal. Desconfiados os policiais entraram com ela na chácara em companhia do empresário que acompanhou toda a ação policial.

Ao chegarem ao local, o empresário Gilmar Bender (vítima) percebeu um pedaço de papelão no chão, desconfiado, observou e viu a referência de sua mercadoria estampada na caixa. Ele avisou aos policiais que deram voz de prisão a todos que estavam no local, inclusive a esposa do acusado, que já estava preparada com uma sacola de roupas que a polícia desconfiou ser para o marido.

Quando os policiais dominaram todos abriram um pequeno armazém e dentro dele encontraram as 1.600 (mil e seiscentas) caixas de sandálias que haviam sido roubadas no Ceará. Aproximadamente 18 mil pares.

O Caminhão foi encontrado após a Cidade de Itaporanga, próximo a Cidade de Boa Ventura. Eles levaram o veículo para outra localidade a fim de confundir as investigações policiais.

Alguns trabalhadores foram detidos na chácara, inclusive o caseiro e a esposa dele para prestarem depoimento. A mulher de Izaltan Fernandes seguiu com policiais até Patos. Quando chegaram, montaram campana na residência dele na Rua Cândido das Laranjeiras no Jardim Queiroz e o prenderam em flagrante.

Na chácara a polícia também descobriu diversos produtos eletroeletrônicos, tais quais: Fogões, colchões, geladeira, frízer, televisor LCD de 49 (quarenta e nove) polegadas, além de 02 (duas) espingardas calibres 12 (doze), dentre outros. Eles estão investigando e tudo leva a crer que são produtos provenientes de um outro assalto supostamente efetuado pela mesma quadrilha.


Há uma suspeita que os eletroeletrônicos encontrados na chácara do acusado pertencem a um fabricante conhecido por Móveis Guzim, que também teve seu Caminhão assaltado próximo a Santa Gertrudes recentemente.

A mulher do caseiro disse aos policias que dois televisores teriam sido levados para chácara por “Bob” e um deles já havia sido vendido. As autoridades acreditam que tem muita gente envolvida no crime que age como receptadores.

Na chácara a polícia também localizou o Pneu do Caminhão roubado além de acessórios pertencentes a veículos de grande porte que ela desconfia ser de outros supostamente tomados por assaltos pela quadrilha. 

Mário Frade/portalpatos.com