Polícia Federal deflagra operação de busca e apreensão no Sertão



A Força-Tarefa Previdenciária no estado da Paraíba (FTP/PB), composta pela Polícia Federal o Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal (MPF), desencadeou nesta quarta-feira (17/09), a Operação GERIÃO, com o objetivo de reprimir o crime organizado que agia contra a Previdência Social, adulterando documentos para a concessão fraudulenta de benefícios previdenciários na Agência da Previdência Social (APS) em Pombal, no sertão paraibano.

 

A investigação do grupo de fraudadores iniciou em abril de 2008. O prejuízo aos cofres da União foi estimado, inicialmente, em R$ 2.7 milhões, conforme análise, por amostragem, de 150 benefícios concedidos entre 2005 e 2008 naquela agência.

 

Os trabalhos de investigação continuarão em busca de outras fraudes. Os benefícios sob suspeita já estão sendo reanalisados e quem estiver recebendo benefício fraudulento será responsabilizado. Entretanto, os titulares de benefícios fraudulentos que se apresentarem à Polícia Federal, voluntariamente, antes de serem convocados, terão a oportunidade de apresentar seus esclarecimentos. As denúncias e apresentações de beneficiários envolvidos em fraude poderão ser feitas à Delegacia da PF em Patos/PB.

 

A operação contou com a participação de 13 servidores da Previdência Social e 50 policiais federais, que cumpriram 17 mandados judiciais, sendo 07 mandados de prisão e 10 de busca e apreensão, expedidos pela 8ª Vara Federal em Sousa/PB. Entre os presos há cinco servidores da Previdência Social, o filho de um dos servidores e um agenciador, que atuavam em Pombal e municípios adjacentes.

 

As buscas foram realizadas na APS Pombal, escritório, residências e outros determinados pela autoridade judicial, nas cidades de Coremas e Souza.

 

Durante todo o dia os presos serão interrogados pela Polícia Federal; e a documentação apreendida será objeto de análise, feita por técnicos da Previdência Social.

 

Será concedida entrevista coletiva a imprensa às 10:00h na sede da Delegacia da Polícia Federal em Patos/PB, localizada na rua Alfredo Lustosa Cabral, 238, bairro Salgadinho – Patos/PB.

 

Assessoria da PF