Policial

Polícia desvenda morte misteriosa de bebê em São Bento

ÓTICAS GUIMARÃES

O mistério da morte de um bebê do sexo feminino, de apenas 05 meses de idade, ocorrida na manhã da última quarta-feira (24), no Sítio Várzea da Serra, Zona Rural do município de São Bento, no Sertão da Paraíba, começou a ser desvendado.
A princípio, o fato tornou-se enigmático, depois que a mãe da vítima, conhecida por Maria Cilene da Silva, acusou a própria filha mais velha (que não teve o nome revelado) pela morte da criança, que foi trazida até ao hospital local por uma tia da garota morta, uma menor de 16 anos. As especulações de que a criança poderia ter sido morta por familiares surgiram em virtude de uma confusão ocorrida no mesmo dia do falecimento, envolvendo a tia da vítima e seu namorado.
Diante da complexidade da ocorrência, a direção do hospital se negou a fornecer a declaração de óbito do bebê e chamou a Polícia Civil para investigar o caso.
Ao chegar ao Hospital Maria Paulino Lúcio em São Bento, o delegado Rodrigo Pinheiro acionou o Instituto de Medicina Legal (IML) de Patos, que levou o corpo para ser submetido à perícia, pelo médico legista, Wostenildo Crispin Ramalho, que classificou como indeterminada a causa mortis do anjinho, mas disse que o laudo oficial, com a causa determinante da morte, só sairá mesmo daqui a um ou dois meses.
Segundo informações repassadas pela Polícia Civil de São Bento, o exame feito no IML de Patos demonstrou que todos os órgãos da vítima estavam intactos, sem nenhum sinal de espancamento, nem indícios de ingestão de veneno ou qualquer outra substância maligna. A polícia acredita que a causa da morte da criança tenha sido enfraquecimento, causado por má alimentação, já que a família é carente, e o bebê já nasceu asmático.
O sepultamento do anjinho aconteceu às 19h e 30 da noite de ontem (24), no cemitério Campo da Paz, no Loteamento Portal, em São Bento. O registro da criança e liberação do corpo foram feitos pela Secretaria de Assistência Social e o Conselho Tutelar do município.

Leomarque Pereira – esertao

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo