Policial

Polícia continua em busca dos bandidos acusados de assalto a Agência dos Correios de Mãe D'água. Um deles já está preso na Delegacia de Polícia Federal

ÓTICAS GUIMARÃES

Um dos suspeitos do assalto aos Correios da cidade de Mãe D´água na manhã desta sexta-feira 27 de dezembro foi preso por policiais militares e conduzido ao Departamento de Polícia Federal para ser indiciado pelos crimes de assalto e porte ilegal de arma de fogo.

Kaio Mércio Braga Wanderley [foto], 31 anos, já está na carceragem da Polícia Federal de Patos e posteriormente deve ser removido para o presídio regional Romero Nóbrega na manhã deste sábado 28.

Ele é acusado da participação, juntamente com mais 3 (três) comparsas ao assalto à agência dos Correios e Telégrafos da cidade de Mãe D’água na manhã desta sexta-feira. Na fuga os acusados entraram em confronto com a polícia e Kaio não conseguiu fugir do cerco policial e acabou sendo preso por policiais militares do destacamento daquela cidade, os quais foram recebidos à bala pelos suspeitos. Os três conseguiram tomar uma moto por assalto e fugiram, porém a polícia acredita que um dos meliantes foi baleado na cabeça.

A informação é que o quarteto pegou um Taxi aqui em Patos e seguiu destino a Mãe D’água com a intenção de realizar o assalto à agência. O motorista só foi avisado da trama quando já estava dominado pelos bandidos.

Eles conseguiram realizar o assalto, porém não contavam com a ação rápida da Polícia que"" chegou ao local minutos antes da fuga dos elementos. Os três fugiram, enquanto Kaio foi visto pelos policiais rondando pelas imediações da cidade e deu voz de prisão. Ao ser corrigido foi encontrado arma, parte do dinheiro do assalto e a carteira e dinheiro do motorista do Taxi.

Segundo informações da tenente CPU Laila um dos suspeitos provavelmente tenha sido baleado na cabeça, visto que na perseguição os policiais localizaram no chão um Boné manchado de sangue (veja foto) e com um buraco.

Até o fechamento desta edição ninguém mais havia sido preso. O tenente coronel Cunha Rolim, comandante do III BPM participou das buscas aos três suspeitos e deixou de prontidão uma guarnição em campana para tentar localizar e prendê-los. Os três foram vistos por populares fugindo com a moto que eles tomaram de uma pessoa que reside na zona rural daquele município. A moto foi recuperada pela polícia, mas os bandidos conseguiram fugir.

 

 

Portal Patos

 


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo