Policial

Polícia Civil resgata mulher que estava em possível situação de cárcere privado em São Mamede

ÓTICAS GUIMARÃES

A Polícia Civil da Paraíba, por sua Delegacia de Roubos e Furtos de Patos-NUCAB e policiais da DHE de Patos, através de informações e apoio da Polícia Civil do Rio de Janeiro, por sua 13ª DP-Ipanema, na tarde de quarta-feira, 06/01, resgatou a jovem Priscila Siqueira, que estava em provável situação de cárcere privado, como também sofrendo violência doméstica física e psicológica.

O suposto cativeiro era em São Mamede, há 22 km de Patos. A vítima veio a pedido do companheiro dela, cuja identidade foi ocultada em razão da lei, supostamente com o apoio da mãe de seu companheiro para passar as festividades de fim de ano no estado e retornar para seu estado natal quando desejasse.

A realidade foi diferente ao chegar na Paraíba: o companheiro e a família dele a maltrataram e a mantinham em cárcere privado, inclusive, destruindo o celular da vítima para que não se comunicasse com seus familiares no Rio.

A Polícia Civil do Rio acionou a Polícia Civil da Paraíba após a mãe da vítima registrar ocorrência denunciando o ocorrido, após a vítima ter conseguido por rede social denunciar a violência doméstica.

Nesta sexta-feira, 08, a DRF-NUCAB conduziu a vítima a rodoviária de Patos, para embarcar em ônibus para sua cidade natal, saindo as 10h da Paraíba e com previsão de chegada no Rio, às 13h deste domigo, 10. As investigações prosseguirão tanto Rio quanto na Paraíba para a elucidação completa do caso.

Veja vídeo:

Renato Leite
Delegado DRF/NUCAB/PATOS

Botão Voltar ao topo