• Dra Milena
Policial

Polícia Civil prende um dos assaltantes que invadiu hospital para roubar arma de vigilante na Paraíba

ÓTICAS GUIMARÃES

Um dos crimes de maior repercussão na Paraíba nestes primeiros dois meses do ano já está parcialmente elucidado pela Polícia Civil, com a prisão em flagrante de um homem de 26 anos de idade, preso nessa sexta-feira, 04 de março, pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande.

Trata-se da invasão a um hospital no bairro do José Pinheiro, na quarta-feira, dia 02 de março, quando dois assaltantes renderam um vigilante do estabelecimento e roubaram sua arma. A ação foi registrada pelas câmeras de segurança do local e presenciada por cerca de 20 pessoas que aguardavam atendimento.

A disseminação das imagens impacta diretamente na repercussão do fato na imprensa e nas mídias sociais, gerando uma natural sensação de insegurança, mas foi graças às imagens também que os policiais chegaram aos nomes dos suspeitos de forma mais rápida.

Identificado pelas equipes de investigação, um dos assaltantes foi preso em menos de 48 horas após o crime, no bairro onde cometeu o roubo. Ele já havia sido autuado pela própria DRF, em janeiro deste ano, devido a um roubo cometido a uma loja de material de construção na feira central de Campina.

“Ele tentou escapar do cerco policial, mas não conseguiu. A arma do vigilante ainda não foi localizada, e estamos nas buscas agora pelo segundo autor do crime, que já está identificado”, disse o delegado Demétrius Patrício.

O homem preso é apontado ainda como partícipe em outra ocorrência semelhante na cidade de Lagoa Seca, no mês de fevereiro deste ano, quando tentou tomar a arma de um vigilante.

Com o investigado, os policiais apreenderam um tablete de maconha e uma balança de precisão. O preso será submetido a audiência de custódia, e o material apreendido será periciado e encaminhado à justiça.

Veja o vídeo:

Polícia Civil da Paraíba
Assessoria de Comunicação


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo