• Dra Milena
Policial

Polícia Civil prende homem acusado de matar jovem com 32 tiros à queima roupa, em Tavares-PB

O assassinato aconteceu na madrugada da última terça-feira (13) e deixou a população em pânico. Após cinco dias de intensa investigação, os policiais conseguiram localizar o meliante

ÓTICAS GUIMARÃES

A Polícia Civil de Princesa Isabel com apoio da Polícia Militar, prendeu na tarde deste domingo (18), na cidade de Tavares, Sertão paraibano, um meliante de alta periculosidade suspeito de ter assassinado o jovem Fábio Gomes, de 18 anos, na madrugada da últimas terça-feira (13). O crime aconteceu em Tavares e o assassino usou de requintes de crueldade, chegando ao ponto de disparar 32 tiros na vítima à queima roupa.

De acordo com o delegado de Princesa Isabel, Gutemberg Cabral, o indivíduo é um traficante conhecido na região. Segundo a autoridade policial, o motivo que teria levado ele a praticar o crime brutal, teria sido por causa de dívidas com drogas.

Gutemberg disse que a população de Tavares e região estava aflita e em pânico após o trágico assassinato. O delegado enfatizou que a prisão foi resultado de uma “exaustiva investigação” por parte da Polícia Civil, que conseguiu elucidar o crime após 5 dias do acontecido.

Após a prisão, o indivíduo foi recolhido à cadeia pública de Princesa Isabel e encontra-se à disposição da Justiça. Segundo o delegado, o meliante responderá pelo crime de homicídio qualificado motivo torpe.

Fábio Gomes tinha apenas 18 anos e foi assassinado com requintes de crueldade – foto: reprodução/redes sociais

Fonte: Diário do Sertão


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo