Polícia Civil prende em São Bento irmãos responsáveis por matar e queimar o corpo de vítima no Distrito de Cajá



No início da noite desta quinta-feira (24/07) os investigadores do Grupo Tático Especial das cidades de São Bento/Catolé do Rocha, sob o comando da Delegada Silvia Alencar, efetuaram a prisão de dois irmãos foragidos da Comarca de Gurinhém-PB. Eles são acusados de assassinar o jovem Emanuel da Silva Oliveira, 22 anos, fato ocorrido no dia 05 de Outubro de 2011, no Distrito do Cajá, localizado no município de Caldas Brandão-PB.

O crime chocou a população local, pois foi cometido com requintes de crueldade, tendo a vítima sido perseguida pelos irmãos Marteone Manoel Mendes e Marcone Jose Mendes, os quais atearam fogo no corpo do jovem após executá-lo.

O setor de inteligência do G.T.E, após intenso trabalho de investigação, identificou a residência dos irmãos, Marteone e Marcone, onde já residiam há vários meses.

A Polícia Civil de São Bento monitorou os acusados e conseguiu prendê-los no início da noite desta quinta-feira. Vale ressaltar que este trabalho foi, mais uma vez, pautado em denúncias anônimas oriundas da população, visando coibir práticas ilícitas e diminuir os índices de violência da Terra das Redes.

São Bento Online