• Dra Milena
Policial

Polícia Civil alerta para golpes em redes sociais: “Não cliquem em links promocionais”, diz delegado – ouça

ÓTICAS GUIMARÃES

A população de Patos e região segue registrando as ações desenfreadas de bandidos que aplicam golpes em usuários de redes sociais. O objetivo é sempre o mesmo: roubar dinheiro dos internautas. Sobre essa problemática, a Delegacia de Roubos e Furtos de Patos fez um alerta a todos sobre os cuidados que devem ser adotadas para evitar fraudes.

Para o delegado Paulo Enio, da Delegacia de roubos e furtos de Patos, cada vez mais os bandidos estão reinventando as estratégias para fazerem vítimas nas redes sociais e na internet como um todo. Entretanto, os mecanismos são sempre os mesmos.

“Esse golpe acontece pelo ‘direct’ do Instagram [bate-papo], eles mandam um link imitando um website induzindo o usuário a clicar no link, onde a pessoa insere alguns dados pessoais. Os bandidos têm acesso às senhas e começam a criar postagens envolvendo a rede social da vítima para pedir dinheiro, é aí que os contatos para pedir dinheiro, para inventar que tem um familiar vendendo móveis com preço abaixo do mercado, que vai viajar para fora do país. É aí que os contatos daquela pessoa começam a entrar em contato, eles usam chips inativos para pedir esse dinheiro e as pessoas começam a cair no golpe, depositam dinheiro via PIX, conta bancária”, afirmou o delegado.

A polícia segue orientando os cidadãos a não clicarem em golpes que oferecem vantagens nas redes sociais, na maioria das vezes, são bandidos em busca de aplicar golpes nos usuários. Os links de sites são cópias perfeitas e, de fato, enganam o internauta, mas é preciso ficar atendo aos sinais.

“Não cliquem em links promocionais enviados de SMS, bate-papo, redes sociais, e-mails, não cliquem porque é golpe. É importante fazer um registro de Boletim de Ocorrência, e que coloque o máximo de informações possível. Nós conseguimos sim localizar, por meio de geolocalização, de onde estão partindo esses golpes, e alguns partem de São Paulo, mas temos sim, claro algumas dificuldades, meios de identificar. Podem vir na delegacia com o B.O. on-line, procurem a delegacia e daremos o encaminhamento devido”, explicou o delegado.

Em áudio à Rádio Espinharas, o delegado Paulo Enio explicou em detalhes como o cidadão deve proceder caso caia em um golpe na internet. Ouça:

Dr. Paulo Enio – Delegado Seccional de Patos

Patosonline.com

Image

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo