Policial

Polícia apreende menor acusado de assassinar jovem a facadas em Patos. Escute o delegado

ÓTICAS GUIMARÃES

No momento em que se discute no Brasil a redução da idade penal pelo excesso de crimes praticados por menores entre eles: roubos a mão armada, furtos, invasão de domicílio e muitas vezes assassinatos violentos.

A Polícia Civil de Patos apresentou a imprensa na manhã desta quinta-feira (25) um menor que teria sido o responsável pela morte da jovem Brenda Estefany da Silva Nascimento (18), fato acontecido no dia 18 de março deste ano.

 O acusado identificado como “Grilo”, cujos antecedentes criminais já eram conhecidos pelas autoridades, depois de instaurado o procedimento especial e ouvidas testemunhas foi encaminhado para internação provisória no CEA.

“A Policia Civil diante das investigações e levantamentos de provas já tinha a autoria definida e através da perícia, a materialidade também ficou comprovada” esclareceu o delegado Elcênio Engel.

De forma fria e com riqueza de detalhes o menor relatou o motivo que o teria levado a matar “Brenda” em frente à Praça Edvaldo Mota, centro da cidade, aplicando-lhe vários golpes de faca.  

A declaração dada dizia que o ato foi cometido porque a vítima o teria levado para determinado local para ser assassinado, o que na gíria policial se define como “cheiro do queijo” e para se vingar resolveu eliminá-la.

“Vamos apurar para sabermos até que ponto é verdade. No mundo criminal é muito comum e até em Patos existem alguns exemplos em relação ao ano passado sendo contumaz essa conduta” disse o delegado de Homicídios Jorge Luiz, apontando que também seguirá a linha de investigação.

Dos dez homicídios registrados este ano em Patos, sete foram elucidados enquanto três estão em fase conclusiva, afirmou a autoridade.

 

 

Marcelino Neto

Foto – Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo