Policial

Polícia apreende em Bayeux moto que teria sido usada no assassinato do ex-prefeito Expedito Pereira

A Polícia Civil da Paraíba apreendeu, em Bayeux, uma moto que pode ter sido a utilizada na execução do ex-prefeito do município, Expedito Pereira. A confirmação foi feita ao ClickPB, nesta sexta-feira (11), pelo delegado Vitor Melo, titular da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Homicídios) da Capital.

A Polícia Civil convocou entrevista coletiva, marcada para a segunda-feira (14), para falar sobre as investigações do assassinato do ex-prefeito Expedito Pereira. Ele foi morto a tiros no bairro de Manaíra, em João Pessoa, na manhã da última quarta-feira (9).

Expedito Pereira foi assassinado enquanto andava por uma calçada perto da própria residência. Um homem parou ao seu lado, de moto, e atirou, fugindo logo em seguida.

A Polícia Civil fez a coleta de imagens das câmeras dos imóveis nas imediações e iniciou diligências para identificar as características da moto utilizada pelo atirador no momento do assassinato do ex-prefeito de Bayeux.

Ainda sobre as hipóteses de vingança por dívidas ou relacionamento extraconjugal, a delegada Vanderleia Gadi destacou ao ClickPB, na quarta-feira, que, de fato, a polícia foi informada de que Expedito teve perdas financeiras nos últimos anos e tinha um relativo ‘sucesso’ com mulheres e que as hipóteses serão apuradas. O celular de Expedito foi apreendido para análise e apoio às investigações.

Plantão da Hora

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close