PMs da Paraíba e CE fecham divisas e apreendem armas, drogas e prendem infratores



"armas"Policiais da Paraíba e Ceará realizam durante toda a noite de sábado, 3, mais uma operação denominada de \"Divisa Segura\", prenderam dois vigilantes e apreenderam armas e centenas de cartelas de comprimidos que são usados como rebites (remédio usado por motoristas em razão da necessidade de dirigir bastante entre dias e noites sem descanso, por estudantes que passam dias e noites estudando e por pessoas que querem emagrecer por conta própria).

Os vigilantes presos foram Sandro Coelho Lima, residente à Rua José Leite e Francisco Vicente de Sousa, ambos residentes na cidade de Cachoeira dos Índios, Sertão paraibano.

Durante a operação foram apreendidas várias armas, sendo uma espingarda cal. 12 Gauge, sem munição, uma pistola Beretta calibre 22 Short, com oito cartuchos intactos; dois revólver Taurus calibres 22 e 38 SPL e aproximadamente 55 cartelas de comprimidos usados como entorpecentes (rebite).

Os medicamentos eram transportados para venda junto a motoristas durante a madrugada para não chamar a atenção das autoridades. No posto Cachoeira, próximo a entrada da cidade de Cachoeira dos Índios os policiais abordaram o vigilante Sandro que estava arma e com parte dos remédios.

A barreira envolvendo policiais da Paraíba e Ceará foi montada na BR-116, que faz divisa com os dois estados e abordou vários veículos.

O tenente-coronel José Ronildo de Souza, comandante do 6° BPM de Cajazeiras disse ao Portal WSCOM por telefone que as polícias militares da Paraíba e do Ceará permanecem alertas, combatendo a circulação de armas ilegais e tóxicos na fronteira dos dois estados. \"Vamos continuar com essas ações integradas para o bem-estar da sociedade paraibana e cearense\", garantiu.

Fonte: Cardoso Filho com 6º BPM