Politica

PMDB de São Bento nega legenda para ‘PMDB de Maranhão’

 

"‘PMDB

Terrorismo no Sertão: ‘PMDB de Ricardo Coutinho’ nega legenda para ‘PMDB de Maranhão’ e ameaça deixar cinco vereadores fora da disputa 

Cinco vereadores do município de São Bento, Sertão paraibano, estão ameaçados de não conseguir disputar a reeleição após o que classificaram com sendo um verdadeiro terrorismo plantado pela atual direção do PMDB do município.

Apesar de pertencerem ao mesmo partido, uma divisão já foi estabelecida. Uma ala liderada pelo deputado Márcio Roberto (PMDB) apóia o Governo Ricardo Coutinho, já a outra ala formada pelo prefeito Jaci Severino de Souza (PMDB), e mais cinco vereadores também do PMDB, decidiram continuar seguindo a orientação da estadual, que é a de fazer oposição ao Governo.

Conhecido como “A União”, o grupo de peemedebistas intenta lançar a candidatura de Gemilton, sobrinho do atual prefeito Galego, pelo PMDB, mas encontra divergências junto à atual direção partidária em São Bento, que pretende lançar Julys Roberto, filho do deputado Márcio Roberto, com o apoio do PSB.

O impasse piorou porque o presidente do PMDB de São Bento, Francinaldo Araújo, conhecido por Nená, concedeu entrevista a Rádio São Bento FM e declarou publicamente que não considerava o prefeito e o quinteto de vereadores filiados ao PMDB. A declaração deixou claro que os integrantes do ‘PMDB de José Maranhão’ terão a legenda negada para o pleito de 2012.

“Nós não consideramos o prefeito, o vice prefeito e esses vereadores que fizeram o pedido de dissolução como filiados do PMDB. Nós que temos o domínio da legenda não consideramos eles fiéis a legenda”, disse o dirigente municipal, que apóia o Governo RC.

Nená argumenta que o ‘PMDB de Ricardo Coutinho’ vem sendo perseguido pelo ‘PMDB de Maranhão’. “Tivemos duas gestões de Márcio Roberto e duas de Galego e agora temos desfalque com demissões de peemedebistas na prefeitura”, disse.

Segundo os vereadores, a imposição do grupo liderado por Márcio Roberto quer destruir qualquer representação da legenda que mantém viva as diretrizes do ex-governador Maranhão.

Ainda na entrevista, Nená ratifica a disposição de negar legenda aos vereadores do PMDB com o seguinte recado. “Pelo fato de nós sabermos que o prefeito não comunga mais com o nosso diretório, o que cabe a nós é aguardar as eleições vindouras”, avisou.

Diante do imbróglio, os filiados do ‘PMDB de Maranhão’ continuam tentando a dissolução da legenda no município.


PMDB de Ricardo


A briga em São Bento acabou deixando evidente a existência de um PMDB comandado por Ricardo Coutinho em toda Paraíba, a começar pela adesão de deputados e ex-deputados estaduais da legenda de José Maranhão, que se colocaram favoráveis ao projeto socialista. São eles: Iraê Lucena, Doda de Tião, Wilson Braga, Márcio Roberto, Quinto de Santa Rita.

Declarações do bloco socialista ainda sinalizam a adesão de outros parlamentares, porém sem citar nomes.

“É inegável que existem dois PMDBs na Paraíba e o diretório estadual tem que agir para não ser engolido nas próximas eleições”, bradou um dos filiados da sigla.

 

Márcia Dias

PB Agora

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close