PMDB da PB elege novo presidente



O Diretório do PMDB estadual confirmou na manhã deste sábado (4) a eleição do contador Antônio Souza Silva como o novo presidente do partido na Paraíba, conforme havia sido anunciado na sexta-feira pelo próprio candidato. O pleito não teve concorrência: Antônio e Neusa Costa, eleita para o cargo de tesoureira, compunham chapa única.


Antônio, que é ex-tesoureiro do partido, foi o nome indicado pelo próprio governador para a sucessão. Somente na sexta-feira foi que eles chegaram a esta definição. “O chefe nos telefonou e indicou nosso nome. Resolveu nos confiar a responsabilidade de dirigir o PMDB paraibano”, revelou o agora presidente.


Antonio Sousa Silva disse que seu mandato vai preencher uma lacuna aberta em função do licenciamento do governador Maranhão, que deixou a presidência para assumir o Governo do Estado, já que uma resolução partidária impede qualquer peemedebista ocupante de cargo no Poder Executivo de acumular cargos de dirigente do partido.


Para o cargo de tesoureira, foi eleita a vice-prefeita de Catolé do Rocha, Neusa Costa. Segundo a assessoria de imprensa do PMDB, 71 integrantes do Diretório estavam habilitados para votar e mais de 80% compareceram ao pleito, realizado na sede do partido em João Pessoa. Os demais cargos do partido foram mantidos, segundo disse Antônio Sousa.


O mandato de ambos é válido até o dia 2 de setembro, quando o partido fará nova eleição para os cargos da executiva estadual. O novo presidente disse que, apesar de ser um “mandato tampão”, só até setembro, irá lutar para reorganizar em alguns municípios os diretórios do partido com vistas às eleições de 2010. Sousa também negou que irá receber salários para exercer a função. “Não recebo salários do PMDB, nem como tesoureiro, nem agora como presidente”, afirmou.


A movimentação foi intensa na sede do PMDB durante toda a manhã. O governador Maranhão chegou às 11h30 e disse que Sousa é um soldado do partido, por isso tem condições de agregar mais militantes para sigla.


Vários deputados peemedebistas, como doutor Verissinho, Iraê Lucena, Olenka Maranhão, Trócolli Júnior, Ivaldo Moraes, os deputados federais Wilson Braga e Wilson Santiago, o ex-deputado federal Benjamin Maranhão e o ex-governador Roberto Paulino participaram da votação logo no início da manhã. A prefeita de Araruna, Wilma Maranhão, também compareceu.


Os deputados estaduais Ivaldo Morais e Doutor Verissinho falaram sobre o novo presidente e levantaram a hipótese de que ele tem totais condições de ser candidato para um mandato completo em setembro.


Paraiba1.com.br