PM prende empresário e mais duas pessoas por tráfico no Sertão



De Posse de um Mandado de Prisão, expedito pela 6º Vara da Comarca de Sousa, o Serviço de Inteligência do 14º Batalhão, com o apoio do BOPE, prendeu um empresário e mais duas pessoas acusadas de tráfico. As prisões aconteceram após estourarem uma boca de fumo próximo ao estádio Marizão neste sábado (1º).

Os policiais encontrara 81 papelotes de maconha que estavam enrolados em papel alumínio e prontos para a venda. Uma porção de cocaína também pronta para a venda. Além de talões de cheque, dois litros de éter, um veículo da marca Prisma preto, uma Moto Broz prata. Os policiais ainda conseguiram apreender R$ 145 em dinheiro e várias peças de celulares.

Foram presos o proprietário da casa, Fransuélio Rodrigues de Sousa (empresário), de 40 anos. Ele é conhecido como “Discoteca”. Patrícia Oliveira Cavalcante (esposa do Empresário), 26 anos e o Desempregado Jefferson Alves Nobre, 18 anos, identificado por “Paulistinha”.

Na delegacia os Polícias descobriram uma tatuagem nas costas do “Paulistinha” da Facção Criminosa, chamada Al-Qaeda de João Pessoa.

O local já vinha sendo monitorado pelo Serviço de Inteligência do 14º Batalhão há bastante tempo, até que acabou o Empresário preso com a droga, consigo mais duas pessoas.
O Delegado Vicente Honório Filho vai presidir o Inquérito Policial, e os envolvido responderão por tráfico de droga, e receptação.

 Por Priscila Andrade com Folha do Sertão