• Dra Milena
Policial

PM prende acusados de praticar assalto em Água Branca

ÓTICAS GUIMARÃES

Policiais do Grupo de Policiamento Militar de Água Branca, Sertão paraibano prendeu uma quadrilha acusada de assaltar comerciante Erenildo Santana de Sousa nas proximidades do sítio Cafundó, zona rural do município.

Na cidade pernambucana de Solidão, em Pernambucano foram presos José Aldo Ramos Batista (Urêa) e Eliton Marques de Carvalho (Lito). A dupla confessou a participação no assalto e ainda apontou o paraibano Algério Simoa da Silva, vulgo “Kanka”, que foi preso na cidade de Água Branca, apontado como chefe do bando.

Segundo consta de relato policial, um comerciante de nome não revelado foi vítima de assalto quando na tarde de quarta-feira, 27, se deslocava em uma moto para a vila Delmiro Barros, em Água Branca quando foi abordado por homens com arma de fogo. Após anunciarem o assalto os desconhecidos se apoderaram de aproximada de R$ 4.200, além de um celular.

O capitão Douglas Araújo, comandante da Companhia da PM em Princesa Isabel, disse que ao tomar conhecimento do assalto a guarnição da PM integrada pelo cabo C. Chaves e soldados Alves e Esmeraldo, analisou todas as informações prestadas pela vítima e traçou um plano de ação. Várias diligências foram realizadas inclusive na divisa com Pernambuco.

Com os assaltantes foram apreendidos R$ 1.900, um celular e um revólver calibre 38. Também foi apreendida uma moto CG 150, placa KIT-6786 usada no assalto e uma quantia de R$ 400. Conforme depoimento dos presos, a polícia acredita que parte do dinheiro está com a mãe de um deles e outra parte teria sido depositada em uma conta bancária. Todos foram levados para a Delegacia de Polícia de Água Branca.

Cardoso Filho
WSCOM Online

Image

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo