PM de Patos fará panfletagem para alertar população sobre possível greve



 

O soldado Silvano (foto), representante da Ong, “Abolição Militar”, foi o entrevistado do programa Cidade em Debate, na rádio 102 FM, na tarde desta sexta-feira (28/03), onde mais uma vez, voltou a criticar a situação de trabalho da Polícia Militar da Paraíba, sobretudo em Patos.

 

Segundo Silvano, aos policiais que trabalham em Patos, faltam munições, fardamentos, e as viaturas estão em péssimas condições. Ele afirmou que, alguns policiais farão uma panfletagem na próxima semana, alertando a população de Patos, sobre as condições de trabalhos que os policiais militares enfrentam.

 

O soldado declarou que outro problema enfrentado pela Polícia Militar da Paraíba, é a falta de efetivo. Segundo ele, seriam necessários, mais 7.000 (sete mil) soldados para controlar essa deficiência.

 

Outro ponto forte desatacado por Silvano, foi o que classificou de aumento da violência na Paraíba. Para o líder da Abolição Militar, a falta de estrutura na Polícia Militar da Paraíba, aliada ao investimento que outros estados fizeram em segurança pública, está fazendo com quer, o crime organizado migre para a Paraíba.

 

                      Marcos Oliveira