Pivô de prisões na Paraíba, delatou governador do Rio. Wilson Witzel



O empresário Daniel Gomes, que delatou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na Operação Calvário, também denunciou o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, por receber recursos para caixa dois durante a campanha eleitoral de 2018. É o que afirma o jornalista Robin Bonin, nesta terça-feira (17), na coluna ‘Radar’, da revista Veja.

“Diz que, em meados do ano passado, repassou uma bolada via caixa dois — o valor é mantido em sigilo — para emissários do governador. Ele teria dado o dinheiro para se aproximar do grupo político de Witzel que assumiria o poder no Rio”, descreveu o jornalista.

O ex-governador Ricardo Coutinho foi alvo de um mandado de mandado de prisão preventiva na sétima fase da operação denominada como ‘Juízo Final’.

Ao todo, são cumpridos 18 mandados de prisão preventiva e 45 de busca e apreensão nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Bananeiras, Taperoá, Goiânia, Parnamirim, Natal, Curitiba e Niterói. Participam da operação 350 policiais federais, 30 servidores da CGU, 6 Promotores de Justiça e 34 servidores do Gaeco.

Os crimes investigados são relativos à fraude licitatória, falsificação de documentos, corrupções ativa e passiva, lavagem de dinheiro, entre outros.

MaisPB