PF faz buscas no Rio de Janeiro contra desvios no INSS



Na manhã desta quarta-feira (27), a Polícia Federal iniciou a Operação Lazarus, que, segundo o órgão, busca desarticular uma “organização criminosa fraudulenta” que reativava benefícios previdenciários suspensos por falta de “fé de vida” – ou seja, aqueles de pessoas que não teriam provado ao INSS que estavam vivas. O nome da operação faz alusão a Lazarus, personagem bíblico que voltou à vida depois de sepultado.

Estima-se que as fraudes realizadas contra o INSS ultrapassem R$ 5, 6 milhões, dos quais R$ 2,6 foram recuperados aos cofres públicos.

Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão nos municípios do Rio de Janeiro, Belford Roxo e Mesquita, além de cumprimento de outras medidas cautelares como sequestro de bens e afastamento de servidor do INSS.

A investigação conta com apoio da coordenação-geral de inteligência previdenciária que detectou as fraudes.

CNN Brasil

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com