PAULISTÃO: Corinthians e Palmeiras confirmam favoritismo e fazem clássico na decisão

O Corinthians venceu o Mirassol por 1 a 0



A grande final do Paulistão está definida e será um Corinthians x Palmeiras. Neste domingo (02) aconteceram as duas partidas da fase semifinal, que foram disputadas em duelos únicos, nesta atípica temporada que ficou paralisada por quatro meses por conta da pandemia do novo coronavírus. O Corinthians fez um jogo apertado com o Mirassol, mas conseguiu vencer por 1 a 0 para avançar a final. No outro jogo, o Palmeiras repetiu o placar e eliminou a Ponte Preta para encontrar o rival na decisão.

Os duelos de ida e volta da grande final estão marcados para quarta-feira (05) e sábado (08). O primeiro jogo deve ser marcado para a Arena Corinthians em Itaquera, enquanto o jogo da taça será no Allianz Parque. A Federação Paulista de Futebol deve confirmar os horários nas primeiras horas desta segunda-feira (03).

FINALISTA
De quase eliminado a finalista e postulante ao tetracampeonato inédito. A história do Corinthians no Paulistão ganhou mais um capítulo neste domingo com a vitória por 1 a 0 sobre um surpreendente Mirassol na semifinal do Estadual. Éderson fez o gol da classificação em Itaquera.

O resultado positivo confirma uma grande reação do Corinthians após a parada forçada pela pandemia do coronavírus. Desde a retomada, o time do técnico Tiago Nunes venceu as quatro partidas disputadas sem nenhum gol sofrido.

O Mirassol, por sua vez, se despede da competição de forma muito honrosa. Não foi desta vez que o time do interior conseguiu vencer o gigante da capital nem chegar a uma inédita decisão do Paulistão, mas a garotada comandada por Ricardo Catalá mostrou novamente brio e qualidade. Depois de perder oito titulares durante a quarentena e eliminar o favorito São Paulo na fase anterior, a jovem equipe proporcionou um jogo parelho durante boa parte do tempo e valorizou a vaga do Corinthians na final.

PALMEIRAS FEZ VALER O FAVORITISMO
Em uma partida também apertada, o Palmeiras conseguiu vencer a Ponte Preta pelo placar de 1 a 0, no Allianz Parque, no começo da noite. A Macaca contou com uma noite inspirada de Ivan e pressionou o adversário, mas acabou perdendo para o rival alvinegro com um gol de Patrick de Paula, que desviou na zaga, nos minutos finais do primeiro tempo.

A Macaca, apesar da eliminação, cai de pé. Afinal de virtual rebaixada à Série A2 do Campeonato Paulista antes da paralisação, a equipe alvinegra não só garantiu a permanência como também buscou uma classificação dada como impossível por muitos. Se isso não bastasse, eliminou o Santos, nas quartas de final, em plena Vila Belmiro, pelo placar de 3 a 1, mas acabou caindo agora para o Palmeiras.

Já o Palmeiras fez uma campanha bastante equilibrada para chegar até a final. Na primeira fase, ficou na liderança do Grupo B com 22 pontos. Nas quartas, eliminou o Santo André, que vinha sendo o time sensação da competição, ao vencer por 2 a 0.


Por Agência Futebol Interior





Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.