ColunistasRodrigo Cézar Limeira

Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras com chuvas variando de normais a acima da média em fevereiro, prevê Dr. Rodrigo Cézar

Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras, mais uma vez poderão ter chuvas acima da média em fevereiro.

ÓTICAS GUIMARÃES

De acordo com o estudioso do clima e de várias áreas da Física, Rodrigo Cézar, o fenômeno El Niño continuará ativo na região central do Pacífico Equatorial no mês de fevereiro, com isso, as chuvas poderão ser em muitos momentos mal distribuídas, no entanto, com o Atlântico Sul bem quente na altura da costa leste do Nordeste agora no final de janeiro, e o Atlântico Norte mais frio a cada atualização do campo de anomalias de temperatura da superfície do mar, a perspectiva é de chuvas irregulares ao longo do mês, mas muitos locais do semiárido da Paraíba, Pernambuco e Ceará poderão registrar bons índices de chuva, a exemplo do que ocorreu em janeiro, onde maioria das localidades do semiárido da Paraíba por exemplo, tiveram chuvas acima da média histórica no mês de janeiro, confirmando até então a previsão do Dr. em Física e mestre em Meteorologia, Rodrigo Cézar.

Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras com chuvas variando de normais a acima da média em fevereiro

Claro que essas chuvas não vão se distribuir por igual, pontua o estudioso, que afirmou que em janeiro, mesmo com a tendência de chuvas irregulares no referido mês, maioria das localidades do semiárido da Paraíba teriam chuvas acima da média, algo confirmado. Dessa forma, Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras, mais uma vez poderão ter chuvas acima da média em fevereiro. Os sistemas meteorológicos que devem atuar para produzir chuvas ao longo do mês de fevereiro nos referidos estados são a Zona de Convergência Intertropical e os vórtices ciclônicos de altos níveis.

Lembrando que a média pluviométrica anual em Patos em fevereiro é de 138 mm na Empaer, de acordo com a previsão do estudioso, Patos em fevereiro de 2024 deverá registrar 138 mm de chuva ou acima dos 138 mm de chuva.

Portal Ciência em Foco


Mostrar mais
 
Botão Voltar ao topo