• Dra Milena
Locais

Patos dá o último adeus ao cantor e compositor Derréis. Veja o vídeo

O enterro foi marcado por muita comoção e o adeus ao Luís Alves de Oliveira, o Derréis, que ficará sempre na nossa memória com sua música e sua arte.

ÓTICAS GUIMARÃES

O enterro do ícone patoense, Luís Alves de Oliveira, mais conhecido como Derréis aconteceu na tarde desta sexta-feira, dia 22 de julho, no cemitério São Miguel, no bairro Belo Horizonte, na cidade de Patos.

Derréis faleceu nesta quinta-feira (21), após mais de 15 dias internado no Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro. De acordo com a unidade, a morte foi provocada por vários fatores, como síndrome respiratória aguda grave e sepse de foco pulmonar.

No velório, familiares, amigos e artistas prestaram as últimas homenagens ao artista patoense. Daniela Ferreira, neta de Derréis comentou como foram os últimos dias de vida de sua avó.

“Vamos pedir a Deus muita sabedoria, porém daqui pra frente vamos lembrar o quanto ele é querido, muito querido, por todos nós e pela cidade de Patos’‘, disse Daniela Ferreira.

O cantor e artista Cicinho Lima esteve prestando suas últimas homenagens ao Derréis e comentou sobre o quão importante ele é para a cultura brasileira.

“Dentro da nossa cultura vai deixar um vazio enorme. Derréis que era conhecido em toda região de Patos, na Paraíba e no Brasil. Vá em paz Derréis“, disse Cicinho Lima.

O enterro foi marcado por muita comoção e o adeus ao Luís Alves de Oliveira, o Derréis, que ficará sempre na nossa memória com sua música e sua arte.

“Cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o único mal irremediável, aquilo que é a marca do nosso estranho destino sobre a terra, aquele fato sem explicação que iguala tudo o que é vivo num só rebanho de condenados, porque tudo o que é vivo, morre.” Ariano Suassuna.

Pabhlo Rhuan – Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo