Patos completa 40 dias sem nenhum homicídio. Média é de um a cada 15 dias



Passados 165 dias do ano, os números da segurança pública na cidade de Patos continuam melhorando a cada dia.
Nesta quarta-feira, 13, Patos completou 40 dias sem registro de nenhum homicídio em todo território do município, o que vem fazendo aumentar o intervalo médio de tempo entre as ocorrência fatais registradas na capital do sertão.

Até o momento, já foram registrados 11 homicídios em Patos, sendo o último no dia 4 de maio, quando o pedreiro José Eudes, perdeu a vida no bairro das placas. O momento atual supera o intervalo de 34 dias, relativos ao período de 31 de março a 04 de maio, interrompido com a morte de José Eudes.

Contados até o dia 14 de junho, a média até o momento é de um homicídio a cada 15 dias, a redução é de 59,36%, se comparado ao mesmo período do ano passado, quando já haviam sido registrados 27 homicídios, o que levou o ano de 2012 a ser o mais violento da história de Patos com 68 homicídios.

Os números sobem um pouco quando incluídos as tentativas de homicídio, modalidade também incluída entre os Crimes Violentos Letais Intencionais contra a vida(CVLI), uma vez que 25 pessoas já foram vítimas deste tipo de crime, sendo duas no mês de junho.

Somados, homicídio e tentativa de homicídio, a média de crimes contra a vida em Patos no ano de 2013 é de um a cada 4,58 dias, ou o mesmo que um para cada 4 dias 13 horas e 55 minutos.

Apesar das tentativas de homicídio serem mais que o dobro dos homicídios, o delegado regional Danilo Orengo, enfatizou o resultado final em relação a muitas vidas salvas, e o cerco policial que vem sendo dado nos últimos meses a ação de grupos criminosos em todo o município.

Segundo ele, a polícia continuará vigilante em relação aos grupos criminosos, que tentarão alcançar êxito diante das ações policiais.

 

Genival Júnior/maispatos.com