Locais

Patoense que está com problemas de saúde e impossibilitado de trabalhar pede ajuda. Veja como contribuir

ÓTICAS GUIMARÃES

A redação do Patosonline.com foi procurada na tarde desta terça-feira, dia 10 de janeiro, por familiares do senhor José Carlos Lira, de 47 anos, residente no bairro Santa Clara, aqui em Patos, pedindo ajuda na divulgação de uma campanha para o mesmo, que encontra-se a espera de uma cirurgia e impossibilitado de trabalhar devido a problemas na vesícula.

No ano passado, ele deu entrada na UPA do Campo da Liga com febre alta (acima de 40°c), fez alguns exames e o médico constatou que o mesmo estava com pancreatite, inflamação no fígado e cálculos vesiculares.

Posteriormente, foi transferido para o Hospital Regional e lá ficou internado. Um exame de ultrassonografia foi realizado e comprovou os cálculos. José Carlos passou a tomar medicamentos para controlar as dores, a febre e reduzir as inflamações. Tinha que fazer uma colangioressonancia para ver onde os cálculos estavam, foi feita em Santa Rita.

Os médicos solicitaram uma colangioressonância, exame específico para a identificação de patologias das vias biliares e da vesícula biliar, que foi realizada em Santa Rita. Segundo a família, ao retornar para o Hospital Regional de Patos, ele teve alta e foi informado de que devia ir através da UBS para dar continuidade no tratamento e realização da cirurgia.

“O encaminhamento para o médico especialista cirurgião foi solicitado e ainda não chegou. Ele ainda tem febre e dores abdominais, com perca de líquidos e etc. A gente tá fazendo o possível. Na colangeorressonância foi constatado que os cálculos saíram da vesícula e estão num tubo chamado calédoco hepático, o que oferece um risco se transição desses cálculos para órgãos importantes ligados a ele, o que pode agravar a situação. A gente também agradeceria se a secretaria de saúde pudesse agilizar essa cirurgia”, relatou uma familiar.

Como está impossibilitado de trabalhar, José Carlos não tem como arcar com os custos de casa, como compra de alimentos e contas de água e luz, por exemplo, além do tratamento médico. Ele já recebeu a ajuda de alguns amigos e pede encarecidamente a contribuição de quem se comover com a situação.

Quem quiser ajudar, pode doar através do PIX: 03504698497; ou entrar em contato pelo telefone: (83) 9.9113-5608.

Por Patosonline.com

Com informações da família


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo