Partidários de Nabor afirmam que Ramonilson realizou passeata e carreata em Patos, descumprindo norma do TRE. Advogado do Juiz rebate. Ouça



Partidários do candidato a prefeito de Patos, Nabor Wanderley (Republicano) e alguns blogs da cidade estão afirmando e divulgando que o candidato a prefeito Juiz Ramonilson (Patriota), juntamente com seus partidários descumpriram uma Portaria da Justiça Eleitoral ao realizarem passeata e carreata pelas ruas de Patos neste sábado, 24 de outubro.

Os acusadores de Ramonilson estão postando e divulgando imagens, onde mostram o juiz e seus apoiadores caminhando pelas ruas da cidade empunhando bandeiras, e segundo eles, gerando aglomerações, o que configuraria desrespeitado a Portaria 027 do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) que proibiu atividades políticas que gerem aglomerações tais como carreata, comícios, passeata e afins.

A Redação do Patosonline.com fez contato com o advogado Philippe Palmeira da Coligação “Pra Devolver Patos ao seu Povo”, cujo candidato é Ramonilson Alves, para que o mesmo trouxesse a versão da referida coligação com relação a acusação.

Segundo o advogado, o que houve foram dois adesivaços, sendo um pela manhã e outro pela tarde, onde os seguidores do juiz saíram de forma espontânea pelas ruas da cidade. Palmeira admitiu que a Polícia Militar esteve presente ao evento e orientou que a aglomeração fosse evitada. “Foi cancelado o evento e o pessoal seguiu seu fluxo, foi embora”, complementou o advogado.

Ouça:

Advogado Philippe Palmeira

Patosonline.com