Paraíba já tem 32 ocorrências de crime eleitoral; um candidato foi preso



Um candidato foi preso por boca de urna na manhã deste domingo (15) no município de Pombal, Sertão da Paraíba. Em todo o Estado, já foram registradas 32 ocorrências por crime eleitoral.

De acordo com dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato foi preso por boca de urna e arregimento eleitoral. As demais ocorrências são por divulgação de propaganda (1), transporte ilegal de eleitores (5) e ainda outros motivos. Os municípios em que houve os acontecimentos não foram divulgados.

Uma outra pessoa também foi presa por crime eleitoral, mas o tipo da situação não foi detalhada pelo órgão.

MaisPB