Paraíba ainda não registrou nenhum óbito resultante do coronavírus até está segunda-feira, 30, segundo secretário



O estado da Paraíba ainda não registrou nenhum óbito resultante do coronavírus até está segunda-feira, 30.

É o que revelam os boletins oficiais divulgados diariamente pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

No entanto, é constante o apelo das autoridades em saúde para que haja um isolamento social. A medida, segundo os médicos, evita a proliferação da doença que tem causado mortes no mundo todo.

Apesar da recomendação de fechamento de escolas, comércios e estabelecimentos fazendo com que as pessoas fiquem em casa, em Campina Grande, segunda maior cidade do estado da Paraíba, o prefeito Romero Rodrigues (PSD) já cogita a possibilidade de finalizar o decreto que fechou o comércio.

Em entrevista, o secretário de Saúde estadual, Geraldo Medeiros, lamentou a atitude.

– Nós temos que enfrentar o corona com responsabilidade, vendo a realidade, baseado em dados técnicos, no que temos visto em outros países. É uma tristeza, num momento com esse em que estamos tentando preservar a vida dos paraibanos, as pessoas não obedecerem não só a mim, mas os infectologistas, sanitaristas do mundo. Nós ainda não alcançamos essa curva, o pico do corona na Paraíba. Estamos tentando achatar essa curva pra não superlotar o sistema de saúde. É importante que as pessoas fiquem em casa – alertou.

Questionado sobre se o governo estadual compactua com a opinião do prefeito de Campina e também pode pedir a abertura do comércio, o médico disse que apenas restaurantes localizados nas Br’s que cortam o estado serão abertos para alimentar caminhoneiros que estão sem alimentação.

– O governador contemplou os restaurantes das Br’s porque os motoristas não tinham onde comer e persiste a orientação para a população ficar em isolamento social – pontuou.

Veja um trecho da entrevista com o secretário, inclusive quando ele anuncia o primeiro caso de Patos confirmado:

Paraibaonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.