Gerais

Pacientes do Hospital do Bem assistiram a vitória do Brasil enquanto recebiam tratamento contra o câncer

ÓTICAS GUIMARÃES

Estudos mostram que emoções positivas, incluindo amor, alegria, humor e esperança podem ajudar o organismo a se defender de doenças. E foi, justamente, se inspirando na importância da terapia do riso e da alegria, que a Oncologista Clínica do Hospital do Bem, unidade de tratamento contra o câncer que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos, Dra. Nayarah Xavier colocou em prática a ideia de proporcionar um dia diferente aos pacientes em tratamento na estreia do jogo do Brasil na Copa do Qatar. E, com apoio da direção e da equipe da unidade, nesta terça-feira (24), a rotina do hospital ganhou outra dinâmica e os pacientes puderam vivenciar a experiência de entrar no clima da Copa do Mundo enquanto faziam seus tratamentos e vibrar com a vitória do Brasil de 2×0 contra a Sérvia.

Primeiro foi preparado o ambiente com bandeirolas, bolas nas cores amarelo e verde, bandeiras, e distribuído chapéus e vários outros adereços. Uma TV na sala de quimioterapia e outra na recepção do hospital garantiram a transmissão do jogo que levou a seleção canarinha à vitória com os dois gols de Richarlison marcados no segundo tempo. Um lanche preparado especialmente para a ocasião complementava o clima da torcida organizada do Hospital do Bem.

 Um dos pacientes mais animados era o Sr. Geraldo Mathias da Silva, de 69 anos. Morador de Patos e se tratando de num câncer no cólon, ele estava realizando uma de suas sessões de quimioterapia na hora do jogo. Deitado na cama durante o procedimento de infusão, ele não parava de acenar com uma mini bandeira do Brasil a cada lance do time. “Essa ação é digna de parabéns, vocês me deixaram muito feliz e emocionado hoje. Nota 100 para todos vocês”, disse ele sem largar a bandeirinha.

A Assistente Social, Gilvaneide Silva dos Santos, 48 anos, moradora de Santa Luzia, que também estava na sala de quimioterapia fazendo sua sessão na tarde desta terça-feira, também agradeceu a iniciativa. “Desde 2020 descobri o câncer e desde então me trato aqui. O Hospital do Bem está de parabéns por nos dar toda a assistência necessária. A equipe aqui é maravilhosa e hoje vocês nos surpreenderam com essa acolhida mais que especial”, disse ela.

“Hoje foi um dia muito especial para todos os brasileiros. Foi a estreia do Brasil na Copa e, por isso, pensamos nesta ação para poder propiciar um momento lúdico e de descontração para nossos pacientes conciliando o tratamento à paixão nacional que é o futebol e estamos muito felizes pelo sucesso da ação e receptividade de nossos pacientes”, afirmou a Dra. Nayarah Xavier. Ela lembrou a importância de ações deste tipo. “O paciente oncológico enfrenta inúmeros problemas, desde a confirmação do diagnóstico até o tratamento que é bem pesado e oferecer, dentro deste contexto, momentos de descontração como esses, reforçam a acolhida e a humanização do nosso tratamento”, disse a médica, adiantando que como a iniciativa foi um sucesso, a direção do hospital resolveu que irá repetir a mesma ação no dia dos outros jogos do Brasil para beneficiar outros pacientes em tratamento.

 “Não deixamos de torcer pelo Brasil e mantemos o serviço em perfeita harmonia e como avaliamos que foi muito positiva a ação vamos repeti-la nos demais jogos do Brasil para que outros pacientes possam vivenciar essa experiência”, reiterou a diretora do Hospital do Bem, Lidiane Nascimento, lembrando que além dos pacientes e acompanhantes, os funcionários que estavam de plantão também foram beneficiados podendo acompanhar o jogo mesmo desenvolvendo suas atividades. Tanto pacientes, quando acompanhantes usaram máscaras o tempo todo. Os funcionários do hospital já usam cotidianamente, desde que o uso de máscaras voltou a ser obrigatório com o Decreto mais recente do Governo do Estado.

Por News Comunicação/Assessoria


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo