• Dra Milena
Locais

Pacientes de outro município reclamam de atendimento no CTA/Patos. Enfermeiro responde

ÓTICAS GUIMARÃES

O senhor Idelfonso Martins, que reside no município de Conceição (PB), procurou a reportagem da Rádio Espinharas de Patos nesta quinta-feira (02), e na oportunidade relatou um problema enfrentado para realizar um exame no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), mantido pelo município de Patos.

Ele disse que, devido a problema de transporte, teve que adiar o exame que faria semana passada, para esta quinta. Contudo, afirma que ao chegar no local não encontrou o médico.

Idelfonso ainda disse que a recepcionista tentou entrar em contato com o médico, mas que o mesmo sequer atendeu a ligação. O exame estava previsto para às 9h da manhã.

Já o cidadão Francisco Soares de Oliveira também falou com a reportagem da Rádio Espinharas de Patos e relatou sobre o ocorrido, confirmando que de fato o exame não foi realizado pela ausência do médico. A principal reclamação deles é pela viagem demorada que tiveram que fazer, e ainda não terem conseguido a realização do exame. Também reclamaram de estar em jejum, e que não existia nenhuma lanchonete perto.

O enfermeiro do CTA, Antomar Barbosa, que atua no serviço, explicou que além da testagem realizada rotineiramente, o CTA também oferta o exame de carga viral, onde a coleta do sangue é enviada para a capital João Pessoa, a fim de ser analisada de forma mais aprofundada.

No áudio gravado pela reportagem da Rádio Espinharas, o enfermeiro não comenta sobre a ausência do médico, mas apenas diz que erroneamente o pessoal acaba vindo em jejum, quando a orientação do próprio serviço diz que não é necessário, tendo em vista o tipo de exame.

Infelizmente pela localização do serviço, o acesso a estabelecimentos que vendem alimentos fica um pouco difícil, conforme citou o enfermeiro Antomar Barbosa.

Matéria por Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo