P.A Maria Marques vai voltar a funcionar como anteriormente após acordo entre Ministério Público Estadual e Prefeitura de Patos



Desde que teve a proibição de funcionar com aplicações de injeções, fazer curativos, retirada de pontos, aplicação de soro e outros serviços de saúde, o Pronto Atendimento Maria Marques, localizado no Bairro Jatobá, em Patos, foi palco de muitas discussões e a comunidade exigia o funcionamento como anteriormente.

A proibição se deu diante da visitação de órgãos fiscalizadores como Conselho Regional de Enfermagem (COREN), Conselho Regional de Medicina (CRM), Agência de Estadual de Vigilância Sanitária (AGEVISA) e demais órgãos de fiscalização, que detectaram falta de espaços adequado para descarte de material usado e de esterilização e outros itens exigidos por lei e normativas. A partir de então, o P. Maria Marques ficou funcionando apenas como Unidade Básica de Saúde.

Na tarde desta quinta-feira, dia 31 de outubro, o secretário de Saúde do Município de Patos, Dr. Umberto Joubert, comunicou, através do Programa Polêmica, que um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público Estadual e a Prefeitura Municipal de Patos irá proporcionar a reabertura do P.A Maria Marques e das demais Unidades Básicas de Saúde que foram proibidas de funcionar sem as condições exigidas pelos órgãos de fiscalização.

Dr. Umberto Joubert disse que no acordo firmado, a prefeitura de Patos, por meio da Secretaria de Infraestrutura do Município, tem até terça-feira, dia 05, para apresentar um cronograma de construções e melhorias nos espaços que foram apontados como irregulares e interditados. Joubert relatou que busca urgência para que o P.A Maria Maques e as demais UBS que foram proibidas de realizar procedimentos possam voltar à normalidade.


Jozivan Antero – Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.