Operação Tapa Buracos da Rua Solon de Medeiros segue em ritmo lento



A operação tapa buracos da Rua Solon de Medeiros, iniciada há mais de 30 dias segue em rítmo lento, deixando a população do Bairro mais populoso de Patos prejudicada.

O buraco do trevo da UFCG e o maior de todos, o da Solon de Medeiros, faz o trânsito ser desvíado tornando a rua Manoel Mota em sua quase totalidade, em mão dupla. Por esse motivo o número de acidentes tem aumentado, e o transtorno para motoristas, pedestres e ciclistas é algo estarrecedor.

Segundo moradores, o atraso deve-se ao número de operários insuficientes para o tamanho da obra de recuperação dessa importante artéria. Mais uma vez o amadorismo, se faz presente. Essa operação tapa buracos foi prometída juntamente com a reconstrução das casas do bairro do morro. Nenhuma casa foi reconstruída e o buraco da Solon de Medeiros continua aberto.

Nove meses se passaram. Agora no próximo dia 13 de janeiro fará exatos 300 dias, data da chuva dos 370 milimetros que alagou casas e abriu crateras e buracos em várias ruas de nossa cidade.

O Poder Público Municipal, foi omísso e de uma irresponsabilidade extrema. A população não cobrou providências, e já estamos em pleno inverno e não vemos nenhuma solução à vista.

Onde estão os vereadores que em época de eleição se dizem representantes do bairro do jatobá. Estão calados e votando matérias de interesses pessoais, esquecendo daqueles que os elegeram. Seria oportuno que a Prefeitura Municipal de Patos, após a conclusão da operação tapa buracos, fizesse um recapeamento do trevo da UFCG até o cruzamento da Manoel Mota, juntamente com a sinalização e construção de abrígos nas paradas de ônibus.

Notícia enviada – Jatobaonline

Notícia enviada por: JATOBAONLINE –

"solon"