• Dra Milena
Policial

Operação “Prova Segura” da Polícia Civil garantiu um segundo dia de provas tranquilo no concurso público da Instituição

ÓTICAS GUIMARÃES

A Polícia Civil da Paraíba iniciou o segundo dia de provas do concurso público da Instituição, neste domingo, 20, com todas as equipes das Delegacias Especializadas nas ruas, fazendo a escolta da entrega das provas.

Ao todo, 58 mil candidatos estavam aptos a realizarem as provas, sendo 42 mil em João Pessoa e 16 mil em Campina Grande. Eles concorreram aos os cargos de Escrivão de Polícia, Agente de Investigação e diversos cargos técnicos do Instituto de Polícia Científica – IPC.

A previsão é de que o gabarito seja divulgação na terça-feira, 22, a partir das 19h00, no site da Cebraspe, organizadora do concurso.

Segundo os delegados Hugo Lucena e Tatiana Matos, membros da comissão organizadora, apesar do grande movimento de candidatos, nenhuma intercorrência grave foi registrada. Apenas alguns candidatos foram eliminações do certame por não observarem as regras do concurso, como deixarem o celular ligado na hora da prova.

“Tudo transcorreu dentro da normalidade e do que era esperado pela organização do concurso. Ainda não temos o número total de eliminados, nem de abstenções, pois os relatórios ainda estão sendo finalizados, mas não houve nenhum eliminação por fraude ou tentativa de fraude”, destacou o delegado Hugo Lucena.

A “Operação Prova Segura” envolveu 350 policiais civis da Paraíba e 120 viaturas, que percorreram os 85 locais de provas, sendo 63 em João Pessoa e 22 em Campina Grande. A mobilização contou ainda com o apoio operacional de outras Instituições, como a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Semob, Guarda Municipal de Cabedelo e o acompanhamento do Grupo Tático Aéreo com o helicóptero Acauã, da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado.

Ao todo, foram inscritos mais de 95 mil candidatos para as 1.400 vagas que estão sendo oferecidas pela Polícia Civil da Paraíba. “Estamos vivendo um momento muito importante e de renovação na Polícia Civil da Paraíba. Esse é o maior concurso da história da nossa Instituição”, lembrou a delegada-geral Adjunta, Cassandra Duarte.

O delegado-geral, André Rabelo, agradeceu a todos os servidores que trabalham no certame e destacou o apoio e a sensibilidade do Governo do Estado durante todo o processo de realização do concurso.

“Em nome da Instituição e do interesse público envolvido, agradeço ao nosso efetivo, ao governador João Azevedo e à Secretaria de Administração do Estado pela sensibilidade para com a Polícia Civil e para com a causa da Segurança Pública. A Polícia Civil já está trabalhando nas próximas etapas do concurso e anseia por poder receber os aprovados na nossa Academia de Polícia”, concluiu André Rabelo.

Polícia Civil da Paraíba
Assessoria de Comunicação


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo