• Dra Milena
Policial

Operação da Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em Patos e João Pessoa contra suspeitos de lavagem de dinheiro com ouro

Grupo também seria responsável pela extração ilegal de ouro. Ações acontecem em João Pessoa e Patos. Em São Paulo, Operação Lavagem de Ouro apura também vários outros crimes.

ÓTICAS GUIMARÃES

Pelo menos três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na manhã desta terça-feira (28), em João Pessoa e em Patos, em uma operação da Polícia Federal que investiga um grupo suspeito de lavagem de dinheiro com ouro e extração ilegal de ouro. Na capital, os mandados da Operação Lavagem de Ouro acontecem em um empresarial e em um apartamento, no bairro de Manaíra.

Em João Pessoa, os policiais federais chegaram em um empresarial onde funciona uma loja que trabalha com ouro e joias por volta das 5h. O empresarial fica na Rua Francisco de Assis Frade, em frente ao prédio cujo apartamento também foi alvo de busca e apreensão.

Conforme a delegada Luciana Paiva, a operação é feita em parceria entre a Polícia Federal em São Paulo e a PF na Paraíba. No Sudeste, os investigados devem responder por estelionato, falsidade ideológica, receptação qualificada, crimes contra a ordem tributária, crimes contra a ordem econômica e também promoção e financiamento de organização criminosa.

No total, foram expedidos 52 mandados de busca e apreensão pela Justiça Federal, em São Paulo, para endereços relacionados aos líderes do grupo investigados e aos principais intermediários. Os mandados foram cumpridos na Paraíba, em São Paulo e também no Mato Grosso, Goiás, Pará, Rio de Janeiro, Pernambuco e Rondônia, mais o Distrito Federal.

Além dos mandados, a Justiça Federal determinou o bloqueio de contas de 40 investigados, no valor de até R$ 614 milhões. Foram apreendidos aparelhos de telefone móveis e computadores dos investigados, além de documentos relacionados ao comércio ilegal de ouro e o próprio ouro.

Fonte: g1 PB


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo