O Dia Internacional de Conscientização do Autismo começou com críticas à gestão de Ivanes Lacerda



Na manhã desta quinta-feira, 02/04, Dia Internacional de Conscientização do Autismo, a representante da Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Patos e Região (ASPPA), Elizângela Torres, participou do programa Notícias da Manhã da Rádio Espinharas de Patos.

Durante a entrevista a psicopedagoga Elizângela Torres falou da necessidade de respeito e empatia para com os autistas e pontuou a precariedade e o descaso do atendimento dos órgãos públicos de Patos, a exemplo do CER, na gestão do vereador Ivanes Lacerda. Segundo Elizângela, nas gestões passadas o serviço funcionava, mas com Ivanes não.

Ponto alto da participação do programa foi a renovação do repúdio às palavras de Ivanes Lacerda que na semana passada acusou as crianças que frequentam o CAPSi de terem destruído o imóvel em que funcionava o órgão.

Interagindo ao vivo pelo Facebook da Rádio Espinharas de Patos, a presidente da ASPAA, Jossely Oliveira, disse que “As crianças não fazem baderna. Apesar de estarem nessas condições de saúde mental, elas não destroem o prédio. Isso é mais um estigma que se coloca nessas crianças.” Elizângela Torres disse que como médico, Ivanes deveria respeitar as pessoas com transtorno, mas faz exatamente ao contrário, incentivando o preconceito.

O repúdio às palavras de Ivanes e acusação de preconceito para com os autistas teve início na semana passada quando da participação do prefeito interino no programa de Jozivan Antero. Logo após o áudio de Ivanes ir ao ar, a vereadora Lucinha Peixoto (PC do B) emitiu nota de repúdio que foi seguida pela ASPPA e pela OAB, além de diversos pais e mães de autistas que se manifestaram nas redes sociais.

A vereadora Lucinha elegeu o autismo como principal bandeira de luta do seu segundo mandato na Câmara Municipal de Patos

Assessoria




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.