O advogado de Patos Corsino Neto esteve concedendo entrevista ao jornalista Eduardo Rabello, no programa Sertão Político, na manhã desta terça-feira (11), na Rádio Espinharas de Patos.

Corsino falou sobre vários temas e alguns polêmicos. Entre eles, a volta de Dinaldinho ao Poder. Falamos que é polêmica, pois Corsino sempre foi um crítico forte do gestor afastado.  Sobre a instabilidade administrativa que vive Patos, ele disparou: “Vejo que é benéfica a volta de Dinaldinho à prefeitura de Patos, pois essa instabilidade política e administrativa são ruins para a cidade, porque ninguém quer vender para prefeitura sem saber quem será o prefeito amanhã”, afirmou Corsino. 

 Sobre a avaliação da gestão do prefeito interino Sales Júnior (PRB), que assumiu a prefeitura em 5 de abril de 2019, disse que continua errando, pois continua com a base dos secretários na época de Danaldinho e Bonifácio. Também afirmou que a base de Sales na Câmara é no máximo de 5 vereadores.

Sobre uma possível eleição indireta na Câmara, Edjane Araújo era favorita.

Quanto ao pleito de 2020 em Patos, segundo ele, será polarizada entre Nabor e Dr. Érico e que, a preço de hoje, Nabor é favorito para voltar à prefeitura. Em relação a outros nomes como Edjane e Dr. Ivânes são bons nomes para pleitear uma vaga de vice.

Quanto ao cancelamento do São João de Patos disse que foi o maior erro de Sales Júnior, pois prejudicou muito a população.

 

 


Blog do Jordan Bezerra