As Polícias Civil e Militar de Patos/PB deflagraram no final da tarde desta quarta-feira, 08 de maio, a OPERAÇÃO FAZENDINHA 3, dando cumprimento a mandado de busca e apreensão na residência do casal BRENDA FERREIRA COSTA e RAFAEL CLEMENTINO GOMES, de alcunha “BAIANO”, no bairro Monte Castelo, Patos/PB, onde foram apreendidos quantidade razoável de cocaína, 02(duas) balanças de precisão, 01(uma) motocicleta e 05(cinco) aparelhos celulares, pelo que ambos foram autuados como incursos nos crimes de tráfico ilícito de entorpecentes e associação criminosa para o tráfico ilícito de entorpecentes.

Dando continuidade à operação policial, policiais civis e militares, na manhã de hoje, cumpriram outro mandado de busca e apreensão na localidade conhecida por “FAZENDINHA”, às margens do Rio Espinharas, na Rua Lima Campos, Bairro São Sebastião, Patos/PB, onde foram encontrados e apreendidos 01 (um) revólver calibre .38 com 05 (cinco) munições intactas do mesmo calibre, 05(cinco) aparelhos celulares, 01(um) tablet e 01(um) veículo Mitsubishi L200 Triton, de cor prata, placas NWO 1197.

Por se tratar de veículo com placa da cidade de Lavras - MG, foi solicitado o apoio da Polícia Rodoviária Federal - PRF para a identificação do veículo, sendo constatado após inspeção que se trata de veículo “clonado”, ou seja, com sinais identificadores alterados, além de restar constatado que o documento CRLV do mesmo veículo é ideologicamente falso.

O revólver, as munições, o veículo “clonado” e demais objetos apreendidos estavam em poder do nacional Demetrio Militão da Costa Filho, vulgo “DEMETRINHO”, o qual foi autuado pela posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, receptação e uso de documento falso. Cumpre ressaltar que “DEMETRINHO”, em 2015, foi preso em flagrante em operação das Polícias Civil e Militar, em poder de um fuzil calibre .762.

No ano de 2018, fora realizada nova investida policial na mesma localidade denominada “FAZENDINHA”, onde foram apreendidos armas de fogo e entorpecentes. De acordo com o DPC GAUDÊNCIO NETO, titular da Delegacia de Homicídios de Patos/PB, as investigações criminais revelaram que os alvos onde foram cumpridos mandados de busca e apreensão, são locais de depósito e comercialização de entorpecentes.

Ao final dos trabalhos operacionais, os autuados foram encaminhados ao Presídio Regional Romero Nóbrega, aguardando chamamento judicial.

 

Polícia Civil