O bispo diocesano de Patos, Dom Eraldo, falou a imprensa nessa sexta-feira (24), e na oportunidade comentou sobre o ato de exumação e transferência dos restos mortais do saudoso bispo, para a cripta definitiva onde estão alojados os restos mortais de alguns bispos e também de alguns padres, a exemplo de Dom Expedito e padre José Lopes. 

Dom Eraldo externou que foi um momento de muito respeito e emoção para toda a igreja, uma vez que proporcionou também uma reflexão a respeito da figura humana de Dom Gerardo e sua contribuição para toda a sociedade. 

O momento também fez alusão ao aniversário dos 13 anos da morte de Dom Gerardo, que inclusive contou com uma celebração especial. 

A renovação da cúria diocesana também foi comemorada pela igreja, já que é importante melhorar a estrutura que acolhe todas as ações de propagação do evangelho, como destacou Dom Eraldo. 

Ainda sobre as homenagens a Dom Gerardo, o bispo disse que ele deixou o legado do bom pastor, sempre atento a acolher os apelos do espírito santo, sendo responsável por impulsionar a vida pastoral de sua época.

 

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.          

 

Matéria por Patosonline.com