A unidade básica de saúde Enaldo Torres está localizada na comunidade das placas no bairro do São Sebastião, zona leste de Patos, já o vídeo circula nas redes sociais gerando revolta aos patoenses que necessitam do serviço básico de saúde na cidade.

Visivelmente a UBS encontra-se “abandonada” sem nenhum funcionário no seu posto de trabalho, de acordo com as imagens os únicos no local são os pacientes, que aguardam atendimento.

Narrando o vídeo, Elizabeth Gomes demonstra revolta e indignação, isso porque segundo a mesma o caso é “Uma vergonha”, percorrendo quase todas as salas ela mostra também um detalhe, mochilas de funcionários da UBS no local.

Em contato com Dr. Umberto Joubert secretário de saúde do município o caso foi esclarecido.

“Toda a equipe estava presente na unidade, nós temos reuniões com os ACES, entre a enfermagem, o médico, isso faz parte de uma unidade básica de saúde. É tanto que nas filmagens dá para você vê bolsas, ela (denunciante) só não abriu a porta que estavam todos os funcionários lá em reunião de matriciamento”. Esclareceu.

Acusada de desacatar os funcionários da UBS, ação que remete a detenção de seis a um ano de prisão ou pagamento de multa, Elizabeth pode ser indiciada no artigo 331 do código penal brasileiro.

“Uma enfermeira me informou que essa senhora chegou lá, destratou, foi mal educada, inclusive eles (funcionários da UBS) vão entrar com uma ação contra ela, porque ela entrou realmente dando um show, e eles (funcionários) pediram que ela aguardasse um pouco enquanto a reunião terminava para iniciar o atendimento aos pacientes”. Informou o secretário.

 

PatosOnline.com - Carlos Dhaniel