A Secretaria Municipal de Saúde de Patos, em parceria com o 3º Batalhão de Policia Militar (3ºBPM), realizou nesta terça-feira, dia 12, no quartel da PM, localizado no Jardim Queiroz, diversos serviços de atenção à saúde, tais como: aferição de pressão; teste de glicemia; teste rápido de Hepatite HIV e Sífilis; orientação alimentar; IMC Índice de Massa Corporal com pesagem; urologista; clínico geral; vacinação e fisioterapia.

Os serviços, coordenados pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), contaram com a participação de vários profissionais, a exemplo de: nutricionistas, enfermeiros, educador físico, psicólogos e fisioterapeutas. A programação ainda consistiu em palestra com o tema: “Saúde Integral: prática de Ioga e Aromaterapia”, proferida pelo psicólogo e coordenador do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF), e das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), Pedro Reis.

A apoiadora institucional da Secretaria de Saúde, Lamara Moura Guedes, disse que o objetivo da ação, que fazer parte das comemorações de aniversário da polícia militar na Paraíba é, também, estreitar os laços entre Secretaria de Saúde e Batalhão.

“Os serviços estão vindo, justamente, para atender esse público que muito pouco procura as unidades. A intenção nossa é ainda estreitar os laços entre Secretaria de Saúde e Batalhão, procurando dar qualidade de vida a essas pessoas que enfrentam no dia a dia tantos problemas pela nossa segurança”, explicou Lamara.

De acordo com a Tenente Daniela Benício, da Assessoria de Comunicação do 3º BPM, por determinação do comando Estadual, foi orientado que houvesse uma parceria com órgãos de saúde para a realização de atividades nesse sentido, como parte das comemoração dos 187 anos da Polícia Militar na Paraíba.

“Foi uma diretriz enviada pelo Comandante Geral a todas às unidades do Estado para que a gente, em comemoração aos cento e oitenta e sete anos da polícia militar, organizasse um dia da saúde, e é uma campanha que tem como título principal: ‘Cuidando de quem protege’. Então, o objetivo principal é dar suporte psicológico, social e de saúde aos policiais que estão sempre aí na rua dando o seu máximo para proteger a sociedade”, disse a policial.

 

Coordecom