Politica

Nonato Bandeira diz que denúncia faz parte da campanha difamatória do Maranhão III contra Ricardo

O secretário chefe de gabinete da Prefeitura de João Pessoa, Nonato Bandeira, disse que a acusação de que a administração municipal pagou um café da manhã do PPS é mais uma denúncia leviana que faz parte da campanha difamatória montada pelo Governo Maranhão III contra o prefeito Ricardo Coutinho. Ele informou que a Procuradoria do município já foi acionada para tomar as devidas providências.

“Desafio o Governo ou o Sistema Correio, responsável pela denúncia em um de seus programas, a apresentar uma nota de empenho de qualquer secretaria da Prefeitura pagando despesas não só do PPS como de outro partido, inclusive o PSB, legenda presidida pelo próprio prefeito”, afirmou Bandeira.

Segundo o secretário, que é filiado ao PPS, esta nova denúncia, articulada no Palácio da Redenção, surgiu exatamente para se contrapor à notícia de que o presidente do PPS, José Bernardino, irá hoje ao TRE, juntamente com o vice-presidente do PSB, Edvaldo Rosas, pedir celeridade no julgamento dos processos dos deputados que deixaram essas duas legendas, por determinação do Governo do Estado.

Bandeira revelou que entre esses deputados está o ex-integrante do PPS, Nivaldo Manoel, que migrou justamente para o PMDB de José Maranhão. “Coincidentemente, Nivaldo foi quem arrumou, em sua defesa no TRE, um simples recibo dizendo que a Prefeitura é quem pagou este tal café da manhã, sem jamais sair um centavo dos cofres públicos para tal finalidade”.

Assessoria

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close