No Sertão: Empresário se mata depois de atirar no próprio filho



Um crime bárbaro chocou os moradores do município de Sousa, no Sertão paraibano. Um empresário do ramo de limpeza urbana tentou matar o próprio o filho a tiros, e, arrependido, praticou suicídio logo depois. A tragédia aconteceu no início da noite desta segunda-feira (18).

De acordo com informações policiais, Thiago de Araújo de Sá Leite, de 23 anos, após presenciar mais uma acalorada discussão entre os pais, foi até a delegacia buscar ajuda policial para conter a fúria do empresário contra a esposa, Maria Auxiliadora Cartaxo.

Cartaxo2

Ao perceber a chegada do filho com reforço policial o empresário disparou um tiro contra o rapaz, que ficou caído ao chão. Arrependido, e sem saber que o filho não havia morrido, Genésio de Araújo de Sá, mais conhecido como Genésio ‘Cartaxo’, de 46 anos, praticou suicídio com um tiro na cabeça.

Thiago de Araújo foi socorrido para o Hospital Regional de Sousa, onde permanece internado em estado regular e deve passar por cirurgia para retirada da bala que ficou alojada na região lombar.

O delegado Silvio Bardasson está a frente do caso.

O empresário Genésio Cartaxo é cunhado do ex-deputado federal Inaldo Leitão.

Atualizado às 19h55.

Adriana Costa com informações de Pollyana Sorrentino da Correio Sat ( fotos Folha do Sertão)