No Dia Mundial de Saúde, médico patoense faz desabafo em rede social diante do momento vivido no Brasil



O médico Dr. Eulâmpio Dantas Segundo, que já foi diretor da Unidade de Pronto Atendimento Dr. Otávio Pires de Lacerda (UPA), em Patos, fez um desabafo diante do grave momento vivido no Brasil em decorrência da pandemia do novo coronavírus, COVID 19.

Nesta quarta-feira, dia 07, é comemorado o Dia Mundial da Saúde. A data é celebrada globalmente para elevar a conscientização sobre a saúde e para buscar reflexões mais profundas sobre a necessidade de aprofundamento de ações que visem melhorar cada vez mais a saúde da humanidade.  

Em vídeo, o médico relatou que desde o início da pandemia está na linha de frente. Ele disse que gostaria de estar em casa, mas que, infelizmente, se vive um estado de guerra em que se exige mais ainda dos profissionais de saúde. “…presenciamos colegas, amigos, médicos, técnicos, enfermeiros, pessoas do nosso convívio, falecendo também dessa pandemia. Nós também temos medo que isso possa acontecer com um de nós. Nós temos medo que possa acontecer com um dos nossos familiares, mas o dever faz com que nós sigamos…mas estamos cansados, quebrados emocionalmente…”, relatou Dr. Eulâmpio.

O médico disse ainda que é muito difícil tratar de pessoas durante semanas e ver, muitas delas, perderem a vida. Dr. Eulâmpio comentou que tem visto também momentos de felicidade por ver a diminuição dos casos e pessoas que vencem a COVID 19. O médico desejou que tivesse vacinas para todos e que todos que puderem fiquem em casa. 

Veja vídeo na íntegra:

Jozivan Antero – Patosonline.com