Nadir orienta Poder Executivo a retirar Projeto e debater com sindicato e servidores antes de ser enviado a Câmara



O Projeto de Lei número 28/2017, de autoria do Poder Executivo ainda está provocando discussão na Câmara de Vereadores de Patos.

O PL trata da reestruturação do quadro de servidores efetivos do município, porém, de acordo com o Sindicato, o projeto retira direitos dos servidores da Administração, Saúde e Educação.

A vereadora Nadir Rodrigues orientou que o Prefeito Dinaldo Filho solicitasse a retirada do Projeto, para que o mesmo fosse debatido entre o Poder Executivo, o sindicato e os servidores municipais.

Segundo Nadir, as leis existentes no projeto lesam o servidor público e a Casa Juvenal Lúcio nunca votou em projetos que prejudicassem a população.

A parlamentar disse ainda que entrou em contato com o prefeito solicitando a retirada, mas que o mesmo não havia sinalizado positivo: "A retirada desse projeto para discussão com os interessados, ia mostrar flexibilidade por parte do governo, mas se isso não acontecer, apenas nos mostra que esse é um governo que está apenas ditando regras. Além disso, quando o prefeito falou comigo, perguntou o que havia de errado no projeto, ou seja, demonstrou que ele realmente não conhecia o projeto", destacou.

O município explicou que está havendo uma má interpretação, afirmando que o mesmo disciplina a questão das férias, unifica as leis de cargos dos servidores, entre outros, porém, os servidores discordam e garantem que o projeto além de revogar leis, retira direitos conquistados ao longo dos anos e ainda promove fragilidade nas relações trabalhistas do servidor.

A vereadora disse que espera sensibilidade por parte do prefeito de Patos e envie um projeto que beneficie de fato o servidor e não que torne as leis um retrocesso.

 

 

Fonte /MaisPatos.com