• Dra Milena
Esportes

Nacional vence Botafogo 9 anos depois e se aproxima da decisão do Campeonato Paraibano

ÓTICAS GUIMARÃES

Em mais uma boa atuação jogando em casa, o Nacional de Patos venceu o Botafogo de João Pessoa, por 3 a 1, e saiu na frente no confronto que vale vaga na decisão do Campeonato Paraibano 2022. De quebra, o Verdão Maravilha deu fim a um tabú de 9 anos sem vencer o alvinegro da capital. O jogo de volta acontece na próxima terça-feira, dia 26, no estádio Almeidão, em João Pessoa, às 20h15.

O alviverde fez 1 a 0 há 1min e 40s, com Dindê, em cobrança de Falta, e o segundo gol com Felipe Araújo, aos 17min, terminando a primeira etapa vencendo por 2 a 0. No início da segunda etapa o Belo diminuiu o placar para 2 a 1, com Gustavo Coutinho, há 1 minuto de jogo, diminuindo a vantagem alviverde.

O gol que deu números finais ao jogo saiu aos 26 do segundo tempo, com Romarinho, pegando rebote do goleiro, e voltando a vantagem do Nacional para os dois gols de diferença conquistada na primeira etapa.

Com a vitória, o time patoense decide vaga na decisão na terça-feira, 26, em João Pessoa, podendo perder por até 1 gol de diferença para garantir a classificação para a decisão do estadual, 15 anos após conquistar o título de 2007.

QUEBRA DO TABÚ

O jogo também marcou a quebra de um tabú de 9 anos sem vitória diante do Botafogo. A última havia sido em 31 de março de 2013, no José Cavalcanti, pelo placar de 1 a 0.

Naquela temporada, o Nacional não perdeu para o Belo, empatando em 2 a 2, no Almeidão, em João Pessoa, na partida realizada pela fase de volta da competição.

Os gols

O Nacional saiu na frente logo quando a bola rolou, há 1 minuto e 40 segundos, após falta em cima de Daniel. Dindê cobrou e o goleiro Lucas nada pôde fazer. Aberto o placar no JC, 1 a 0 Naça.

Com o placar aberto, Nacional continuou buscando o ataque e chegou ao segundo gol aos 17 minutos, quando Arthurzinho cruzou a bola na área, e Felipe Araújo aproveitou para marcar o quarto dele no estadual.

Na segunda etapa, o Botafogo balançou as redes com apenas 1 minuto, através de Gustavo Coutinho. Depois de um chute de Alan Grafite de fora da área, Miller não segurou e o atacante botafoguense botou prá dentro, diminuindo o placar.

Ainda no prejuízo, o Bota, com atletas mais altos, foi a frente sempre jogando a bola na área nacionalina tentando o empate, porém foi o Naça quem voltou a marcar. Aos 26 minutos, Felipe Araújo chuta de fora de área, Lucas espalma e Romarinho coloca por baixo das pernas do arqueiro do tricolor da capital, fazendo 3 a 1 para o Canário e decretando números finais ao jogo.

Ficha técnica

Arbitragem: Afro Rocha; Luís Filipe e Paulo Ricardo.

Gols: Dindê, Felipe Araújo e Romarinho (N); Gustavo Coutinho (B)
Cartões amarelos: Daniel, Romarinho (N); Leilson (B)

Nacional: Luiz Miller, Clayton, Arlan, Márcio, Arthurzinho; Daniel (Deda), Dindê (João Marcelo), Felipe Araújo (Maycon Alagoano), Romarinho; Leandrinho (Du) e Pedrão (Yuri). Técnico: Lamar.

Botafogo: Lucas Ferreira, Elias (Edvan), Jonathan Costa, Paulo Vitor, Alessandro; Pablo, Tinga (Anderson Paraíba), Esquerdinha (Nádson); Alan Grafite (Nicolas), Leilson (Adilson Bahia) e Gustavo Coutinho. Técnico: Gerson Gusmão.


Por Genival Junior e Antônio Silva – Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo