Politica

Nabor defende renovação na cúpula do PMDB na Paraiba; Maranhão quer enquadrar ‘infiéis’

"nabor"

O PMDB se reunirá na próxima segunda-feira, dia 28, em sua sede, em João Pessoa, para discutir o comando e o rumo do partido no Estado e as adesões de peemedebistas, na Assembleia Legislativa, ao bloco de apoio ao governo do Estado. Mas não só a postura dos peemedebistas Wilson Braga, Doda de Tião e Márcio Roberto, que declararam apoio ao governador Ricardo Coutinho (PSB), está sendo pautada para discussão no encontro. A recondução do ex-governador José Maranhão (PMDB) à presidência do PMDB paraibano é o tema principal da reunião, segundo informou o deputado André Gadelha (PMDB).

O prefeito de Patos, Nabor Wanderley, por outro lado, apesar de reconhecer no nome de José Maranhão uma grande liderança na Paraíba, disse que o partido tem que "fazer uma avaliação do quadro e da situação do partido, como ele está hoje".

Mas Nabor Wanderley adverte: "Isso não vai ser uma opinião só minha, mas eu defendo que o partido tem que sentar e encontrar um caminho a seguir, e esse caminho na minha opinião passa até por uma renovação na direção do partido", sustenta o prefeito. "Não que o ex-governador Maranhão não seja a maior liderança do partido, mas eu acho que tem que se dar oportunidade de pessoas mais novas, de outros quadros bons que o partido tem, de poderem dar também a sua contribuição para que o PMDB possa continuar sendo o maior partido da Paraíba", argumentou.

"A reunião vai ter vários pontos, mas um deles vai ser a recondução de José Maranhão para a presidência do partido. E quando ele assumir a presidência do partido, nós vamos convocar e pedir, diante de todos os dissidentes e os seis que permanecem no bloco de oposição, que seja chamado o feito à ordem, para tomarmos uma decisão em conjunto", disse André Gadelha, que apesar de tudo, acredita no consenso. Gadelha declarou apostar, ainda, que o PMDB conseguirá resgatar os três deputados do PMDB que decidiram apoiar os projetos do governo do Estado.

O encontro deve reunir os deputados estaduais e federais da legenda e terá como objetivo oxigenar o partido visando às eleições de 2012. O líder do PMDB na Assembleia, deputado Gervásio Filho (PMDB), disse que a reunião é uma prática do partido com o objetivo de articular e fortalecer a legenda visando as eleições de 2012. Gervásio também defende a recondução de José Maranhão ao comando do partido, caso o ex-governador tenha essa pretensão, será "acatada por todos".

O deputado André Gadelha disse, ainda, que apesar da demora na decisão, acredita na possibilidade de José Maranhão assumir algum cargo federal no segundo escalão do governo de Dilma Rousseff (PT). Caso isso ocorra, Gervásio acredita que ele ficará impossibilitado de assumir a presidência do PMDB paraibano. (AL)

Aline Lins

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close