Na Espinharas:Coronel Lino fala sobre sua participação no Debate entre os candidatos a vice-prefeito



Disputando o cargo de vice-prefeito na cidade de Patos, compondo chapa com o soldado Silvano Morais(PSOL), o coronel Lino, também participou do Debate entre os candidatos a vice-prefeito, promovido pela Rádio Espinharas de Patos e o site Patosonline.com.

Ao lado do candidato a prefeito, o coronel discerniu bem sobre os temos dispostos e teve um bom desempenho nas rodadas de perguntas e respostas. Para o coronel Lino, a colaboração dele na gestão de Silvano Morais caso ele seja eleito, será de forma democrática para atender as pessoas. “Vamos atender o povo de Patos em nosso próprio gabinete o do vice e Silvano no do prefeito. Vai ser uma colaboração integral dentro ou fora expediente. 

Um pouco mais voltado aos temas segurança publica e saúde, Lino, fez questionamentos aos demais integrantes do “encontro”, e também fez referencias ao seu parceiro de chapa o soldado Silvano Morais.

“Eu comecei a admirar o soldado Silvano, desde quando ele denunciou que dentro da corporação da Polícia Militar, um filho de uma comandante tinha uma gratificação exorbitante no seu contra-cheque. Ele teve coragem de fazer a denuncia e desde então sempre foi perseguido na PM. É tanto que ainda hoje não conseguiu subir de patente, por conta dessas e outras batalhas que ele travou. Por essas e outras que aceitei ser o candidato a vice, fazer essa dupla com Silvano, pela sua honestidade, coragem e vontade de lutar pelos mais humildes”, afirmou o coronel.

Sempre com observações para os “erros” da atual gestão, Lino disse que pretende implantar junto a Silvano, um sistema de maior assistência médica na cidade, dar um olhar diferenciado a educação, sem esquecer a segurança pública.

Na sua participação final o coronel Lino falou com a reportagem do Patosonline.com e rádio Espinharas. “Gostei muito do que foi feito nessa tarde aqui, pois perguntamos o que o povo queria saber dos nossos adversários, todos os candidatos tiveram seus espaços para mostrarem suas idéias, o povo é quem sai ganhando com uma ação como essa, pois tem a oportunidade de conhecer cada vez mais os candidatos para fazerem suas escolhas”, comentou.

 

Eduardo Rabêlo