Mulheres tem pouca representação na política patoense, diz Geane Tagi



A representante do Partido Verde – PV no seguimento das mulheres, Geane Tagi revelou durante encontro neste final de semana que a participação da mulher ainda é pequena mesmo essas sendo a maior parte do eleitorado em Patos e também no Brasil. A discussão sobre a participação da mulher na política aconteceu na residência da própria presidente do PV Mulher. Na reunião foi avaliada a Lei Maria da Penha, discutido sobre o Dia Internacional da Mulher e outros assuntos do gênero.

Participaram da reunião as pré-candidatas: Preta, Nêga Fôfa, Selma de Caté, Fatinha, Zezé das Buchas, Lucinha, Janaína, Nenê de Durval, Mirinha, Pastora Irenice Santos, Loló do Morro.

Geane foi recém-eleita para Conselheira Tutelar contando com uma mobilização efetiva dos filiados do PV na cidade de Patos. Ficando em segundo lugar para o conselho, Geane está arregimentando algumas mulheres em torno do Partido Verde para as eleições desse ano para a Câmara de Vereadores.

Com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral – TSE de fazer cumprir a legislação sobre um terço das vagas nas chapas proporcionais para as mulheres, à busca por candidatas em potencial devem ser o diferencial das eleições de 2012. Em eleições passadas alguns juízes eleitorais fizeram vistas grossas para a exigência da lei, mas esse ano pode não existir a mesma flexibilidade de anos anteriores.

A participação da mulher na política e nas organizações sociais deveria acontecer naturalmente, mas o machismo existente na sociedade e a falta de uma busca mais efetiva por parte das mulheres têm dificultado o quadro nas eleições e também nos demais seguimentos da sociedade. Com os avanços das leis em defesa das mulheres e com a elevação de consciência dessas, a participação na política é só mais um passo em busca da igualdade de direitos.

 

Jozivan Antero – patosonline.com