Mulher que teve material cirúrgico esquecido em barriga após parto morre na Cândida Vargas



A mulher, de 28 anos que teve material cirúrgico esquecido na sua barriga após o parto morreu, nesta quinta-feira (19), na Maternidade Cândida Vargas, em João Pessoa.

De acordo com as informações mais atualizadas, a família de Kellyane Neri autorizou o desligamento dos aparelhos, visto que a paciente apresentava um quadro de morte encefálica, ou seja, era irreversível. 

Kellyane Neri foi a maternidade para ter seu bebê no dia 11 de setembro e teve alta no dia 14, indo para casa. 

Segundo a mãe de Kellyane, um mês depois, ela começou a sentir fortes dores na barriga, precisando retornar ao hospital, e foi informada que gase e uma peça metálica teriam sido deixadas dentro dela.

Clickpb